Porque todas as histórias de amor são para sempre.

por anapaulaponce

Não dá para definir o amor.
Mas a fotografia pode captá-lo.
Não dá para descrever a saudade.
Mas a fotografia pode abreviar a espera.
Não dá para descrever o olhar do amado.
Mas a fotografia pode registrar a luz dos olhos dele.
Não dá para voltar no tempo.
Mas a fotografia pode nos fazer reviver aquele dia especial.
Não dá para diminuir a distância.
Mas a fotografia pode encurtá-la.
Não dá para beijar para sempre.
Mas a fotografia pode congelar o beijo.
Não dá para ser alegre todos os dias.
Mas a fotografia pode arrancar-nos um sorriso.
Não dá para parar as horas.
Mas a fotografia pode imobilizar os instantes.
Não dá para evitar a lágrima.
Mas a fotografia pode transformá-la em poesia.
Não dá para prever o futuro.
Mas a fotografia pode transformar o presente.

Daniel e Emanuela, não dá para prever a hora certa. Não dá para mensurar os sentimentos. Não dá para não sentir falta. Não dá para prever o ” e viveram felizes para sempre”.

Mas a fotografia pode fazer com que as histórias de amor, todas elas, durem por uma eternidade.
Duvidam? Pois eu transformei uma tarde de sábado em PARA SEMPRE.

Anúncios