Porque tudo tem um porquê.

por anapaulaponce




Alguns acreditam em coincidência, outros em destino e há os que acreditam em horóscopo, tarô, duendes ou no poder do chá verde. Eu acredito em porquês. É por isso que meus posts iniciam-se sempre com um “porque…”, pois eu acredito que tudo na vida tem uma explicação.

Um dia, meu pai fez um melhor amigo. PORQUE ele tinha um sotaque mineiro, como o dele, e um coração enorme.

Da amizade entre eles, nasceu a amizade entre as filhas deles. PORQUE as crianças reconhecem-se umas nas outras.

Foi a primeira amiga que fiz na vida. Ela está presente desde as fotos dos meus primeiros aniversários às recordações mais doces que tenho da minha adolescência. Crescemos, separamo-nos, voltamos a nos encontrar. PORQUE a vida nos distancia dos amigos, mas os amigos não se afastam da gente. E a internet une as pessoas!

Assim, entre idas e vindas e quinze anos sem vê-la, eu a reencontrei e descobri que ela estava vivendo um doce sonho, o de ser noiva. O felizardo: um mineirinho simpático, de fala mansa e sorriso largo.

Como não me encantar? Eu precisava contar esta história de amor, através das minhas lentes, por tudo que esta linda noiva representa para mim, pelas risadas que demos juntas, pelo gostinho de queijo com açúcar que eu comia na casa dela e que ainda guardo na minha memória, pelo Book, o cachorro dela, que sempre nos fazia companhia, pelas cartas que nos escrevemos, pelo sorriso sincero que ela tem, pelo carinho enorme que eu tenho por ela, pela amizade dos nossos pais, pela nossa amizade. E porque eu adoro todas as histórias de amor!

Eu não podia, entretanto, contar esta história sozinha (era muita emoção para um só coração): para dividir comigo a responsabilidade (e a poesia) desta narrativa, Diogo Ramos. PORQUE eu não conheço ninguém que consiga enxergar com tanta sensibilidade o “invisível aos olhos”.

Malas prontas e câmeras na mão, saímos de extremos opostos do país incubidos da linda missão de escrever, não com lápis, mas com luz (e que luz!) o que as palavras não conseguem dizer.

Um dia incrível,  um cenário de contos de fadas, doces de leite maravilhosos e muita, muita  risada. Nem precisaria tanto quando o que se tem para fotografar é um lindo casal apaixonado.

Senhoras e senhores, unidos por joystiques, selos, cartas e um coração: Túlio e Adriane. PORQUE a vida quis assim.

Anúncios